Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto dos Anjos



        Soneto dos Anjos

Por mais que a eternidade não revele
aos olhos dos humanos seus intentos,
é sempre inevitável o momento
do anjo, que há em nós, trocar de pele...

Por isto a velha crença nos impele
ao sonho de habitar o firmamento
e, mesmo, sem menor conhecimento
tememos que o infinito se rebele...

O eterno só parece perecível
até esse momento transcendente
que o sonho de voar faz-se possível...

Ser anjo é encantar-se de repente,
podendo levitar, sendo invisível,
num mundo luminoso e transparente.

Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 07/06/2006
Código do texto: T171136

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:56)
Vaine Darde