Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEU BEIJO

SONETO XXXVI

Teu beijo é como um cântaro partido
A derramar a seiva mais cheirosa;
É o tom suave da pétala da rosa
Mais bela do jardim, o mais querido.

Teu beijo é como o sonho interrompido
Pelo anseio da vida mais ditosa;
É um verso que se escreve na mucosa
Sem rima, sem métrica... com sentido.

Teu beijo é um beber na própria fonte
Dos desejos. É  escalar, rijo, o monte
Mais íngreme da existência, e descer

Rolando, louco, a encosta, entregue e fraco...
Teu beijo é como a bênção do deus Bacco,
É um pacto de lábios com o prazer.

Rio, 11 de Março de 2002
Antonio Sciamarelli
Enviado por Antonio Sciamarelli em 09/06/2006
Código do texto: T172089
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Sciamarelli
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
29 textos (3370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:29)
Antonio Sciamarelli