Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fusão poética

Animo versos com a poesia,
que te azeita a sensibilidade,
porque sem ti meu verso é na verdade
um monte amorfo de letras vazias.

Meu coração é tua primazia,
bate ao compasso do teu coração
pra irrigar, com sangue, a emoção,
que flui de ti pra mim por todas vias.

Cada poema meu, não por acaso,
é como a flor que escolheu o vaso,
porque o vaso lhe garante a vida.

Se a flor exibe alguma beleza,
o vaso empresta-lhe à natureza
a cor de sua Rosa preferida.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 09/06/2006
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T172386
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57790 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:40)
Herculano Alencar

Site do Escritor