Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO (QUASE ) MECÂNICO AO FUTURO



Oh, máquina bela rangente-seca e fria
XP28- Andróide de Serviços do Novo Mundo
Que ao silêncio da Nova Era sinais envia
Como se dele se lembrasse e fosse oriundo

Pois que antes ouvisse o mundo um grito
Dormia de si Deus o sono mais profundo
E robots sonhava mais que humanos e mitos
Em Quilombos e Pentágonos e Prometeu, imundo

Da centelha fez a larva magna da inteligência
Que espalhada ateou-se fogo em toda humanidade
D'onde arte, esmêro, equilíbrio e ciência

À plenitude levou tantos e outros à não cadência
Que minérios puseram soterrando a pura vontade
Criando a beldade acima-XP28-nome?-Evidência.



Preto Moreno



















Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 28/06/2006
Código do texto: T183870

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6765 textos (102453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:25)