Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de amor como remédio

Desejei agora compor-te, soneto
Para louvar tamanha graça recebida
Porque foste tu, grandiosa vida
A cura de todo mal que me têm feito

E vivia assim, qual despedida
Doente de amor, para a morte eleito
Mas se na vida, pra tudo há jeito
Fui achar na sorte grandiosa guarida

Um novo amor me fez perfeito
Por me curar colossal ferida
Àquela há muito trazida no peito

Nem cicatriz restou de tal intriga
E pra cantar a ventura recebida, fiz-te soneto
Para um novo amor que devolveu-me a vida!
dhália
Enviado por dhália em 10/07/2006
Código do texto: T191437
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:13)
dhália