Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ponto de fuga infinito.

Autor: Daniel Fiúza
18/11/2005

Um dia eu fui fazer nem sei o que
Sem nem saber mesmo o que fazia
Essa coisa que eu fui fazer um dia
Nem ao menos eu sabia o porque.

Era coisa inexplicável de querer
Realidade irreal que me iludia
Mergulhado numa vã filosofia;
Verdade da mentira sem poder.

Eu, perdido sem saber de onde vinha!
Procurando por algo não sei onde
Orientado por desconhecida minha.

Procurando a saída que se esconde
Pro inusitado que ao éter caminha
Sem destino num misterioso bonde.

Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 16/07/2006
Código do texto: T195407
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:52)
Domfiuza