Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Sonhos

É quando o tempo se encarrega viu
De ser livre e feliz pra poder gostar
E se dessa vida nada há de se levar
Quero quase tudo o que não se esvaiu.

E quando não tiver mais casa para morar
Eu quero pelo menos o amor que partiu
Numa nuvem de desespero sentiu
O sofrimento tépido a devorar.

Minha casa serão as rimas e versos
De amor e tristezas tão diversos
E isso é tudo o quanto consigo ser.

O meu ser empobrecido por saber
Que partiste num momento sem me ver
E fico eu cá a escrever soturnos versos.

                              Herr Doktor
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 19/07/2006
Reeditado em 16/09/2008
Código do texto: T197460

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:39)
HERR DOKTOR