Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de esquecimento

Rogo ao pai por teu esquecimento
E infame sou por tamanho devaneio
Mas se esquecer possa vós... esqueça!
Lembre-se apenas do amor que te semeio

Não te faças tão forte
Na fraqueza de amar está o poder
E se esquece das lembranças
Não vos esqueça de esquecer!

Esqueças de devolver-me o que te dei
Guarde-o contigo para um dia
Poder dar-me o beijo que sonhei...

E se cumprir venha tal ousadia
Por favor, esqueça-vos que te roguei
Porque assim teu coração me lembraria!
dhália
Enviado por dhália em 22/07/2006
Código do texto: T199458
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:38)
dhália