Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão

Solidão... sentimento que destrói
a mais férrea paixão como uma chaga,
minando sorrateira como praga
um pobre coração que se corrói.
 
É não saber que o mundo se constrói
de amor cujo carinho sempre afaga,
e mesmo quando se usa uma adaga
mostramos que estar só é ser herói.
 
Se nessa solidão que te apavora
centelha de um amor sempre existir,
segura-te com força a essa escora
 
e nunca deixarás de resistir,
qual astro que regressa a cada aurora
sabendo que o melhor está pra vir.
 
Sintra, 15/07/2006
António CastelBranco
Enviado por António CastelBranco em 24/07/2006
Código do texto: T200597
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António CastelBranco
Portugal, 56 anos
57 textos (1698 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:42)
António CastelBranco