Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Presente do vento. ..

A aragem trouxe-me de terra distante
um bulímico amor, de lábio sedento.
Aleitei-o com versos, recitando contente
orexia foi tanta que o nutri, dei presente!

Despi suas sedas de avessos, clemente!
Trazia-se amargura, foi doçura o intento,
embrenhou no tresvario amando-me crente
cultivo platônico, se colhido no real,é intenso!

Fruto ansiado sopitando amor em canções
valsadas nas noites, de roçados ardentes.
Fez-se infante sugando as pomas emoções.

Delirando ridos dias, dançaram os coerentes
ritmados arpejos, ouvindo cicios dos corações
que contaram as luas, e os ocasos decorrentes.

“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
23/7/2006








Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 24/07/2006
Reeditado em 24/07/2006
Código do texto: T200997
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65332 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:56)
Deth Haak