Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA VILA

- Esquecida e tranqüila, em grande cidade, -
Minha vila ao esconder-se vira oásis, farol,
Brinquedo para criança, aconchego pro sol;
Que em cada morador paz de interior invade.

Seis casas geminadas, três de cada lado,
Com grande área central divisada por duas
Calçadas onde, à noite, observo as várias luas,
As estrelas, perdidas, sobre o emaranhado

De prédios, construções, árvores centenárias,
Fiações e frias sombras. Vila tão querida!
(Onde cantam reclusos: pássaros-coragem,

Sobrevivendo a voz natural em árias
Urbanas e a pacata interiorana vida)
Que construía no tempo e espaço a minha imagem.
(Alexandre Tambelli, São Paulo, 07 de junho de 2004 - 12:05h - corrigido no decorrer dos anos até 22/10/2001.)
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 25/07/2006
Reeditado em 22/10/2011
Código do texto: T201964
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116421 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:59)
Alexandre Tambelli