Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU SIMPLES VERSO

Eu faço das palavras: simples verso
Do mais íntimo poema e coração.
Não! Não queira leitor viver meu emerso
Escombro ou claro céu sem emoção.

Se ler com a razão será perverso
O que do poema advém que, em comoção,
Só em comoção e luz, faz nu: reverso
Deste existir imerso na paixão.

Amor, Dor e Poesia me acompanham
Neste intranqüilo mar desta existência;
Deles meu existir e agir se banham.

Se cá em mim navega esta Trindade,
A desnudar meu ser: na íntima essência,
É por só dar à Vida: Santidade!
(Alexandre Tambelli, São Paulo, 24 de abril de 2005 - 12:02h)
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 28/07/2006
Reeditado em 20/10/2011
Código do texto: T204160
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116500 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:44)
Alexandre Tambelli