Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Feliz ausência

Haverá, talvez, o esplendor d'um dia
que vá jorrar de mim felicidade,
que me desprenda os braços da saudade
dos teus braços e que'u te abrace numa sinfonia?

Do mel da tua voz a melodia,
dos olhos cor de mar serenidade,
do teu corpo perfeito, quem há de
ausente assim viver com alegria?

Se de ti eu ficar distante, minha santa,
que'u viva só, por silêncio atormentado,
e se eu for me desfazendo, a cada hora,

Que me traga a agora a morte a minha manta,
passarei com ela alegre pr'outro lado,
mais feliz que nesta vida sem aurora!
Chaplin
Enviado por Chaplin em 01/08/2006
Código do texto: T207083
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaplin
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
420 textos (28739 leituras)
1 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:50)
Chaplin