Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OH VIDA!

Não sei se dá... mas vou tentando
Esticar o dinheiro por mais uns dias,
Tão depressa ele se vai gastando...
Se me descuido, fico sem economias.

Raio dos meses, é sempre este fadário
Renda, água, luz e gás para pagar,
Sobram-me sempre dias no calendário
Que raio de vida, não dá para aguentar.

As coisas sobem quase todos os dias,
A carne então! Está pela hora da morte
Já não falando de todas as mercearias.

Nossa senhora. Talvez eu tenha pouca sorte
Mas dá-me saúde e não me tires as energias
Para esticar o dinheirinho até à morte.


Maria Custódia Pereira
03-04-2006

Biazocas
Enviado por Biazocas em 01/08/2006
Reeditado em 23/01/2012
Código do texto: T207159
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Biazocas
Portugal, 65 anos
423 textos (15828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:25)
Biazocas