Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ao relento

Nem sequer um endereço
Nenhum sonho a divagar
Na vida pagam um preço
Que ninguém quer passar

Põe a culpa no destino
Será mesmo que existe?
Ou é fruto do desatino
Que na sociedade persiste

Sobrevivem ao relento
Fome, frio, vivem ao léu
Sem sentir o sofrimento!

Sociedade dura e cruel
Para todos há um alento
Sempre um chão e um céu!


Saji Pokeo
Enviado por Saji Pokeo em 02/08/2006
Código do texto: T207787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saji Pokeo
São Paulo - São Paulo - Brasil
221 textos (38570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:07)
Saji Pokeo