Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

└ tua procura

                               Frases coladas dos diversos
                               sonetos de Florbela Espanca

Sonho que um verso meu tem claridade,
passa por ele a luz de todo amor,
escrevo mais e mais com ansiedade,
quero definir a mágoa e o desamor.

A minha dor não fala, não tem idade,
há beirais sem ninhos, dias sem calor,
deixa-me dizer-te os versos, na verdade
ele perderam pra sempre o resplendor.

E quando manhã alta o sol posponte
olhando a nuvem d'ouro que flutua,
passa iluminando as flores de jasmim,

ervas do atalho escuro banham-me a fronte,
e procuro, nessa bruma, a boca tua
que Deus criou pra me beijar a mim.
Chaplin
Enviado por Chaplin em 03/08/2006
Cˇdigo do texto: T208494
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaplin
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
420 textos (28737 leituras)
1 ßudios (130 audiš§es)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 04/12/16 20:33)
Chaplin