Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobrevivente.




Sombras no porão
A floresta negra
O canto do carcará
Assediado para o desvio.

Muitos que nada fazem
São aceitos como nobres
E andam com as suas fantasias
Intimidando a realidade do próximo.

É difícil suportar as dores
Todas as alvoradas tormenta
Mas, o interior é imaculado.

Perfeição é busca...
Mesmo com feridas abertas
Esse poder destruidor não há de me alcançar.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 12/08/2006
Código do texto: T214967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
736 textos (26860 leituras)
1 áudios (177 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/17 06:32)
Condor Azul