Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste olhar

Nas vagas enrolei meu olhar triste
Cuidando que em o enrolando poupava,
Mas o zeloso mar depositava
Duas pedrinhas de redondo chiste.

Como sua teimosia resiste,
Teimosa e alegremente o esperava.
O mar morrendo na areia estafada,
Desconhecendo meu intento insiste.

Fruindo de mistérios ondulantes
Esquecida no tempo ali me quedei,
Cabelos e tecidos esvoaçantes.

Deste mar me despeço a cada instante,
Dele sorvendo a maresia o deixei,
Tal elixir exótico e refrescante.
Lucibei
Enviado por Lucibei em 14/08/2006
Reeditado em 19/02/2007
Código do texto: T216047

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lucibei
Viana Do Castelo - Viana do Castelo - Portugal, 65 anos
2572 textos (87087 leituras)
14 áudios (1465 audições)
4 e-livros (1135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:18)
Lucibei

Site do Escritor