Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sono Profundo

Aquele ser dormindo na calçada
É um ser de luz maior, melhor que eu;
Sobreviveu ao frio da madrugada
E aos restos que do lixo ele comeu!

Aquele ser vegeta, não é nada;
Tanto caminho torto percorreu...
Sua alma pequenina está cansada,
Seu corpo de menino nem viveu!

Armou-se em defesa contra o mundo
E fez da morte o seu lindo brinquedo
Já que da vida pouco lhe cabia...

Agora dorme o sono mais profundo;
Venceu a fome, a dor e o próprio medo:
- E nem morreu, posto que não vivia!
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 16/08/2006
Código do texto: T217891
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
223 textos (8974 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:20)
Ciro Di Verbena