Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lavando as Mãos

Empresta-me o tino
Ó diminuta escama
Do verde e negro limo
Tom de enchente clama.

Teu cantar ecoa risonho
Não me vistes, se observas
Passa pouco, céu tristonho
Rede pronta, tu reservas.

Passa muito, eterna passarada
Boas-novas na cauda do cometa
Entremeio de sisal na jangada.

Cede-me teu pino
Ó linda paisagem
Faz de mim, teu hino.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 16/08/2006
Código do texto: T217913

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34092 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:12)
Cesar Poletto

Site do Escritor