Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DESCONHECIDA - A pedido

A noite estava clara, enluarada,
Na Avenida passavam os casais!
Uma mulher tão linda e decotada
Vinha, sozinha, em trajes sensuais.

Cabelos soltos, leve, bem maquiada,
Mulher mignon, qual deusa dos mortais.
À luz da lua o busto balouçava
Dois pomos salientes, divinais.

Bamboleando as cadeiras, nas passadas,
Suas carnes morenas perfumadas
Tremiam como treme  a luz da aurora.

Veio... chegou... e sem olhar pra mim,
Resplendeu seus perfumes de jasmim...
Passou, cabeça erguida, e foi embora!
Lucan
Enviado por Lucan em 21/08/2006
Código do texto: T221608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86939 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:37)
Lucan