Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA ALMA SOFRE..

Minha alma quando se entristece,
Não tem como acalentá-la.
Pois um vazio a invade,
Fazendo-a calar-se para o mundo.
E fragilizada por tanto sofrimento,
Ela só chora de tristeza.
Fazendo deste meio,
Uma necessidade para aliviá-la.
Mas depois o choro vai embora,
E deixa a dor da saudade.
Dor esta que me absorve,
Trazendo-me à dor do abandono.
Que impotente não sei o que fazer,
Com tanta tristeza na alma.
Pois embora abandonada,
O amor vive forte dentro de mim.
Queimando como fogo o meu ser,
Que quer saciar-se nos seus braços,
Mas ele já não me quer mais,
E muito menos dar-me uma chance.
É... O tempo apagou-me de sua memória
E completamente de suas emoções.
Mas o que ele não sabe,
É que em algum lugar deste mundo,
Existe um ser que sofre e chora por ele...
Desejando-o e o querendo loucamente!
E por isto entristeço-me muito,
Porque vejo que,MINHA ALMA SOFRE.
Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 27/08/2006
Reeditado em 01/10/2006
Código do texto: T226120

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250911 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:48)
Glaucia Duarte