Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do desejo

O mundo gira a teu redor, menina,
Creio, não poderia ser distinto...
E não me falharia o instinto,
Aquele que é tão frágil, mas domina

Todo o meu ser, garota vespertina,
Que parece nasceu de ti faminto,
Sozinho, como Apolo sem Jacinto,
Lamentável esboço que abomino.

Tantas outras negaram-me carícias,
Muitas delas gastaram-me sevícias,
Mas tu, altiva, sub-reptícia e bela,

Tal animal em cio, tal cadela,
Efêmera, feroz, descomunal,
Brindaste-me desejos de animal!
Cirilo
Enviado por Cirilo em 28/08/2006
Reeditado em 28/10/2015
Código do texto: T226886
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cirilo
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
136 textos (7396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:51)
Cirilo