Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meditações

Quisera propor uma cobiça louca
Ser um deus do humano fausto vivo!
Não viver sofrendo tanto, lesivo,
Perpetuar o gosto e beijar sua boca.

Se eu pudesse o teu amor reter tão louca
Poder amar é admitir bem cativo
Vagar por aí perdido sem motivo
Ser brasa vermelha que amor sufoca.

Bramir palavras embebidas de amor
Em sons suaves abrandar a agonia,
Que eu seja outro alguém tão real, concreto.

Tempo este que te esqueço num vil clamor
Se eu te quero assim triste filosofia
Nessa noite infausta, e luar deserto.

                         Herr Doktor
                 
                       
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 29/08/2006
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T227845

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:24)
HERR DOKTOR