Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragmentos

Quem sou eu? Nem eu sei. Em alguns momentos
tento ser o que já fui um dia, num difícil recomeço.
Sou pedaços de tristeza e esperança. Fragmentos
do que eu já fui, do que eu sou, do que eu mereço.

Sigo meu caminho em busca de novos alentos,
de uma força para evitar mais um tropeço.
Procuro no amor, o maior dos sentimentos,
O encontro com a paz, a sensação de apreço.

Amo coisas simples como andar na areia
da praia. O mar, o por do sol, a lua cheia,
Um cantinho, um violão, no fim do dia.

Um abraço, uma rede, um aconchego,
Um vinho, um carinho, um chamego.
E um grande amor como companhia.
Andrade Pinto
Enviado por Andrade Pinto em 31/08/2006
Reeditado em 15/01/2008
Código do texto: T229909
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrade Pinto
Salvador - Bahia - Brasil, 64 anos
38 textos (4123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:14)