Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RAINHA DOS POETAS

Nesse silêncio augusto de seu quarto,
No PC navegando. Madrugada!
O coração, de amores já bem farto
E a alma livre, feliz, imaculada!

Sê bendita, ó Rainha dos Poetas,
Ó linda mulher! Voz maravilhosa!
Musa divina, inspirações diletas,
Canção dolente, perfumada rosa.

Lá bem distante, corações partidos
Escrevem seus poemas doloridos
Para postar depois no bom Recanto.

São corações que a adoram, ó rainha,
E em não podendo tê-la — ó dor mesquinha! —
Destilam gotas  de sentido pranto!
Lucan
Enviado por Lucan em 02/09/2006
Código do texto: T230943
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:30)
Lucan