Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARNASO

“Zilhões” de instantes de alegria,
Bastante amor, muita amizade,
E muita, muita poesia,
Um paraíso de verdade!

Eis o parnaso de vigia
Para os poetas da saudade,
Cheio de musas dia a dia,
Poetar constante, e liberdade!

Pra lá irá o sonhador
Quando zerar, de tanto amor,
Sem conseguir se realizar.

Pra lá que eu vou e sem demora,
Viver feliz a nova aurora,
Para sorrir... amar e amar!!
Lucan
Enviado por Lucan em 03/09/2006
Código do texto: T231851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:46)
Lucan