Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIÇÃO PERDIDA

Certa vez, triste, desprezado, olhando
Pássaros a voar, livres, ligeiros,
A brisa sobre os ramos sussurrando
E ao longe o canto triste dos roceiros!

Um velho monge que ia ali passando
Quis saber a razão dos desesperos.
Sem saber, eu estava soluçando,
Como soluçam tristes forasteiros!

Envergonhado eu disse não ser nada
E não contei de minha namorada,
E o monge foi embora em seus misteres.

E é por isso que até hoje, inocente,
Sou calmo, sou bonzinho e coerente,
Mas não entendo nunca essas mulheres!
Lucan
Enviado por Lucan em 04/09/2006
Código do texto: T232247
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:43)
Lucan