Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Afeição

Com marcas profundas na tez rubra
Teu semblante reluz dourado apenas
Entram nas veias e no amor celebra
Paixão que escorre tão livre Sirena.
Memória em fuga e a dor envenena
Presença minha num gesto que quebra
A supremacia da afeição que acena
Nessa vida um amor que te equilibra.

Não pare de sonhar assim menina
Quem sabe num outro plano em seqüência
Num amar leve que pulsa em cadência.

Meu coração estava numa vil dormência
Foi acordado por esta alegre Helena
Silente e sagaz moça e suas melenas.
 
                         Herr Doktor
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 06/09/2006
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T233998

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21377 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:27)
HERR DOKTOR