Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERRA INSEMINADA



Enquanto a flor de amigo vou ceifando
Me chamas de menina e de princesa
E eu perco-me a pairar na realeza
Desse teu meigo olhar azul e brando

E é mosto tua mão quando me afagas
E é verso o teu abraço me enlaçando
Doces rimas que em nós vão semeando
Uma flora de amor em secas plagas

Regadas pela seiva do desejo
Fertilizam de vida e de pujança
Areias que morriam sem esperança

E o verde nasce do calor do beijo
E os frutos tombam do ardor da cama
E a terra inseminada se proclama

***
In E-Book “Sonetos Escolhidos”
http://www.delnerobookstore.com/bibliotecas_virtuais/carmo_vasconcelos




Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 06/09/2006
Código do texto: T234418
Classificação de conteúdo: seguro

Áudio
TERRA INSEMINADA (Soneto) - Carmo Vasconcelos
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmo Vasconcelos
Lisboa - Lisboa - Portugal
203 textos (15408 leituras)
62 áudios (7662 audições)
15 e-livros (1367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:45)
Carmo Vasconcelos