Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                                   

       
   TRISTE PROCURA 


Sem ao menos pensar que me abandonarias,
coloquei meu destino em tuas mãos dolosas;
porém, quando senti as horas duvidosas,
fiquei muito infeliz, sem minhas fantasias.

Tendo em meu coração bem poucas alegrias,
procurei transformar em fases milagrosas
os golpes que sofri nas lutas espinhosas.
Mas tudo foi cruel, com muitas agonias.

E assim venho eu vivendo a vida sem calor,
pois mataste sem pena o que em nós era amor.
Procuro neste mundo agora um ser prazente

que me faça feliz, sem trazer falsidade
para que eu possa achar alguém que não me enfade,
e deixe de viver assim sempre carente.


                                                                (Soneto alexandrino)



Alda Corrêa Mendes Moreira
Enviado por Alda Corrêa Mendes Moreira em 08/09/2006
Reeditado em 07/12/2008
Código do texto: T235912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alda Corrêa Mendes Moreira
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
213 textos (13196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:05)
Alda Corrêa Mendes Moreira