Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto 5

Talvez se a procura eu for com navios
anseando alcançar o paraíso,
encontre lá bem longe o que preciso,
com graça pura entre os ventos bravios,

por entre as ondas ásperas dos fios
da talagarça vã, nosso conciso
tempo, nosso destino.Ora meu inciso
amor encontrado entre os monte frios.

Então, vend'o nos fins, eu vos direi,
dos mares, da jornada, desse intento,
que neste mundo nada mais verei

nem por decreto ou por forte lamento
além do paraíso que encontrei,
tesouro meu de palha que contento.
Aprendiz
Enviado por Aprendiz em 11/09/2006
Reeditado em 11/09/2006
Código do texto: T237921
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
40 textos (1470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:43)
Aprendiz