Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Voz de Deus


Há pouco instante o céu azul vibrava
Um azul da cor de um céu ensolarado
E o Sol luzindo farpas de ouro, dava
Uns coloridos ímpares ao prado.

Tanta festa de luz, maravilhava!
O céu, o mar, a Terra, o descampado,
Tudo era lindo e tudo mergulhava
Num som de luz e cores, orquestrado.

Mas, de repente, a Voz de Deus ordena:
Mude-se em sombras o cenário e a cena,
Não quero que essas cores envelheçam.

E a barragem do céu abre as comportas,
Para que as plantas, antes quase mortas,
Recuperem-se e logo mais floresçam.
Raymundo de Salles Brasil
Enviado por Raymundo de Salles Brasil em 14/09/2006
Reeditado em 24/10/2006
Código do texto: T240256
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raymundo de Salles Brasil
Salvador - Bahia - Brasil, 83 anos
237 textos (6820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:35)
Raymundo de Salles Brasil