Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ARADO


Vem, diz a lenda, do profeta Amos,
o registro feliz de que se sabe:
- A luz da mente humana um dia se abre,
para a vida de paz dos gaturamos.

Todas as profecias têm, digamos,
o seu tempo de ser. Só a Deus cabe,
por si, quebrar, um dia, a lança e o sabre
para concretizar-se a voz de Amos.

Aí, será a fartura, o arado e a foice
os grãos multiplicando... A guerra foi-se,
entre os homens há paz, sem crime e réus...

Dia virá, poeta, em que o poeta
revigorando o dito do profeta,
terá falado pela voz de Deus...


17 de janeiro de 1996
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 15/09/2006
Código do texto: T240977

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19611 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:52)
João Justiniano