Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[Nos Claustros do Silêncio, em Santa Cruz]



Nos Claustros do Silêncio, em Santa Cruz,
Coimbra é um murmúrio de pedra.
Ouve-se o cinzel, canto que seduz
o olhar que indaga a forma que em si medra.

Como se a luz brindasse com magia
em cada um dos recantos do Mosteiro
e em nós, como vitral de poesia,
repousasse o seu corpo derradeiro.

E escuto o respirar pleno da terra,
confidências da água e da erva,
o sereno gerar de uma semente.

E sinto o vagabundo, que em mim erra,
ser a asa que da pomba faz de serva
e tece ao sol que morre o seu nascente.
Xavier Zarco
Enviado por Xavier Zarco em 18/09/2006
Código do texto: T243465
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Xavier Zarco
Portugal, 48 anos
38 textos (1048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:12)
Xavier Zarco