Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Timidez acorrentada

Dia pós dia, maior amor
Porque sinto-o fortemente?
Este sentimento me aterroriza lentamente
Cada palpitar mais doloroso.. que terror

Não sei o que faço, me preocupa
"Será que devo me confessar a ela?"
Prefiriria me trancar numa cela
Mas este amor me acupa.

Deus! me liberte desta timidez
Por ela farei tudo que me peça
Mas tire o que me segura.

Sei que sou impuro, não tenho lucidez
Cada movimento errado, uma ameaça
Sinto paixão, mas, minha vergonha me censura.
PAB
Enviado por PAB em 24/09/2006
Código do texto: T248301

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PAB
São Paulo - São Paulo - Brasil
52 textos (2979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:28)
PAB