Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de amor que não busca esperança

Como posso saber o que me reserva esta noite,
Que se encontrar-te posso em outro amor?
Como saber se teu encontro me dará esperança louca?
E que faço eu com a esperança que tu quer-me por?

A esperança de nada me serve para não sofrer
Só há de aumentar os dias em que tanto te quero
A esperança, não a quero! Devolvo-te com dissabor
E hei de dizer-te que se tu me chamas só te espero!

Não irei essa noite, não a quero esperança!
Não quero do não-amor um sim
Não quero ter desta noite mais triste lembrança!

Da dúvida que me atormenta e não tem mais fim
Que só sei que aguardo que notes minha ausência tanta
Que desejes não senti-la e o sentimento te lembre a mim!
dhália
Enviado por dhália em 30/09/2006
Código do texto: T252704
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:01)
dhália