Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto breve

Breve vida para um longo amor de todo breve
Que amor maior na terra, existindo, nunca existiu!
Breve vida ao amor que basta de todo e me leve
Pra sentir a vida e só sentir o sonho brio!

Breve a vida para o amor que não me conhece
E o amor, por não conhecer-me não me pode bastar
Breve a vida para o sorriso que em sorrir se despede
Ao desejar-te a noite no beijo com o sorriso que se há de buscar!

É breve a vida para um longo amor em canto
Que se por canto é real no encantamento que me seduz
Breve amor na eternidade breve em breve espanto

Que se amor é longo na breve vida que não se reduz
Hei de aproveitar-te o não-amor que em amar-te é santo
Que por tirar-me a vida breve já me prega nessa cruz!

dhália
Enviado por dhália em 01/10/2006
Código do texto: T253912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:47)
dhália