Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Teus Defeitos...



Meu verso sem teu beijo anda perdido,
Insosso, sem tempero, sem magia,
Qual flor que desabrocha ao meio dia,
Para queimar-se logo ao Sol ardido!

Assim morro de tédio arrependido
Porque infringi as normas da poesia
Ao me atirar ao mar da fantasia
Num mundo de ilusão desconhecido!

Os meus sonetos, todos tão insossos,
queimaram sob o Sol, que por desgosto,
Julguei não mereciam teu respeito!

Fingindo que entendia os teus apelos
No olhar e no jogar de teus cabelos
Passei a ver em ti só teus defeitos!...
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 03/10/2006
Código do texto: T255605
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
223 textos (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:29)
Ciro Di Verbena