Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de amor inevitável

É inevitável nosso amor, eu te encontro...
Porque se nada há mais sagrado na vida
É o amor que te aviso, me propaga
Desse propagar que por lançar-me me traz dormida!

O nosso amor é inevitável e não me preocupo
Porque sei que nada há mais que possa contê-lo
O nosso amor, o bem amor que possuo é certeza
Que me preenche e me faz voar mesmo sem tê-lo!

Esse bem amor, inevitável porque sinto
Que nada há mais que possa nomear
Esse tão amor que de tão mortal é infinito

Desse que não se pode nem sequer o deletar
Da alma, do peito... entregue enquanto minto
Que não te amo e não me amas... desse pecado em delirar!
dhália
Enviado por dhália em 07/10/2006
Código do texto: T258744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:13)
dhália