Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALFABETO DO AMOR.

Manoel Lúcio de Medeiros


Desejei escrever um alfabeto,
Que fosse um soneto de amor,
Minha alma tornou-se arquiteto,
E fiz este poema com dulçor!

Amar e beijar sim, com carícia,
É digna, minha esposa fiel,
Gostar com harmonia é uma delícia,
Íntegra, justa, linda, meiga, novel.

Ousada, prazerosa, e querida,
Responsável, servidora, terna,
Única, valorosa, é que te vejo.

Xodó, paixão, que cura minha ferida,
Zelosa, tudo em casa, sim governa,
Receba o alfabeto que versejo.

Direitos autorais reservados!





Malume
Enviado por Malume em 09/10/2006
Código do texto: T259784
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:43)
Malume