Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E QUANDO O SOL SE POR.


Manoel Lúcio de Medeiros.


E quando o sol se por no horizonte,
Levando ao tempo a hora de mudar,
Eu quero anoitecer nestes teus braços,
E te amar com noites de luar!

Eu quero ver os céus se transformando,
Num colorido puro e divinal,
E as nuvens brancas em chumbo se tornando,
E eu te amando em sonho eternal!

E quando o sol se por no infinito,
E a tarde finda a noite convidar,
Eu quero amor sentir esta mudança!

E sobre a terra estrelas num rito,
Sobre o manto deste amor iluminar,
Eu beijarei tua boca por fiança!

Direitos autorais reservados.

Malume
Enviado por Malume em 09/10/2006
Código do texto: T259798
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16874 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:46)
Malume