Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUDE COMO UMA PLANTA.


Manoel Lúcio de Medeiros.


Se a tua vida está tão vazia,
E se a tristeza, já te visitou,
Se os teus momentos são de agonia,
E o prazer te foge, frente a tua dor,

Não te desanimes, levanta o teu rosto,
Todo mundo sofre, faz parte da vida,
Siga, pois, em frente, deixa o desgosto,
Olha a natureza, veja que saída!

Cada folha verde é uma esperança,
Mesmo que ao chão caia, ela se renova,
Tudo fica lindo, pois a planta avança,

Cresce e dá o fruto, e o homem recova,
Sê, pois uma planta se renove agora,
Mude sua vida, na primeira aurora.


Direitos autorais reservados.
Malume
Enviado por Malume em 13/10/2006
Código do texto: T263197
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:36)
Malume