Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA LÁGRIMA FURTIVA


   
                 
Sob as pétalas orvalhadas duma rosa,
duma bela rosa por desabrochar...
E esperando que ninguém a iria achar,
eu guardei uma lágrima pura, saudosa.

Voltei. Encontrei uma activa mariposa
sugando a linda rosa, prestes a murchar...
Levava uma nova lágrima p’ra lá deixar,
mas tive de a segurar...triste e pesarosa!

Uma lágrima feita de mágoa e de saudade
que ficou escorrendo entre meus dedos,
falando de mim, da minha realidade,

das minhas dores...sonhos e segredos!
Uma lágrima furtiva repleta da verdade
do meu sentir, dos meus desejos e medos!...




 
HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 13/10/2006
Código do texto: T263844
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:56)
HELENA BANDEIRA