Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO DE POETA

  Cantas tua musa e tuas verdades.
  Tu és alegre, tu és sensível.
  Queres para o mundo: felicidades.
  Poeta torne seu sonho possível.

  Desejas para todos: liberdades.
  Tu possuis idealismo invencível.
  Sonhador... Artesão das sensibilidades...
  Poeta criatura indestrutível.

  Defendas os valores cotidianos.
  Que tua vontade dure por anos.
  Canta o choro do coração fendido

  vítima flechada pelo Cupido.
  Cantas para o Amor que não frutificou
  da triste alma que o destino separou.


  "Que ninguém doma um coração de poeta!"
          Augusto dos Anjos (1884 - 1914)


         
                 Amauri Carius Ferreira
                  (Augusto de Sênior)
                  (FERREIRA, A. C.
Augusto de Sênior
Enviado por Augusto de Sênior em 14/10/2006
Reeditado em 12/08/2013
Código do texto: T264018
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto de Sênior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
140 textos (58632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:14)
Augusto de Sênior