Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LENDA DA ROSA VERMELHA


Desperta a flor bem cedinho,
se ergue no ramo ditosa...
Tem a fragrância e o espinho,
a maciez de uma rosa...

Ao ver-lhe a cor duvidosa,
vem a manhã, de mansinho,
mãe feliz e dadivosa,
põe-lhe a brancura do arminho!

Agora colhe-a o vizinho:
- Mas que beleza! É uma rosa!
Despetala-a sem carinho...

Voejando chega a abelha,
repõe pétalas e espinho,
muda-se a rosa em vermelha...
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 15/10/2006
Código do texto: T264781

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19612 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:35)
João Justiniano