Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GESTO NOBRE

Num momento de pura lucidez,
Pensando em sua fuga repentina
E no silêncio atípico talvez,
Creio numa outra hipótese, menina.

Por ser rainha, pura e tão cortês,
A mais valente e lúcida heroína,
Foi para o “sacrifício” de uma vez
Escondendo a notícia na surdina.

Do que estamos falando você sabe,
Mas nenhuma outra explicação nos cabe
Para tanto mistério e coincidência.

Que gesto nobre nessa hora tristonha!
Nós estamos morrendo de vergonha...
Há de ampará-la sempre, a Providência!
Lucan
Enviado por Lucan em 18/10/2006
Código do texto: T267114
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86942 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:08)
Lucan