Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce fel


Sei que tu não me agüentas
E contente eu te advirto
Que contigo eu me divirto
se comigo te atormentas

E traduzo nestes versos
Sem beleza ou rima rara
Pensamentos tão perversos
Pra curtir com a tua cara

Sou tormento que não sara
Por, somente, eu existir
Despertando a tua ira
 
Rindo assim do teu carpir
Sou feliz, oh, minha cara
Mesmo estando em tua mira
Raul Rodrigues
Enviado por Raul Rodrigues em 18/10/2006
Reeditado em 02/09/2011
Código do texto: T267278
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Rodrigues
Lauro de Freitas - Bahia - Brasil, 45 anos
24 textos (3535 leituras)
1 áudios (90 audições)
1 e-livros (56 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:37)
Raul Rodrigues