Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MAR DA VIDA ETERNA 

Se, do horizonte pleno de gaivotas,
já posso ver o tempo – que parou
nesses cantos – pressinto o desencontro
dos barcos, à deriva, com o porto. 

Mas, qual se, destas nuvens, um espírito
divino se tornasse vento, as velas
encontram o caminho, na certeza
de que o mar sempre leva à terra firme. 

E lá, são caravelas e galeões
que reencontram o rumo, são navios
de guerra que conhecem Paz, enfim. 

São pesqueiros fantasmas, velhos náufragos
e criaturas marinhas, esquecidos,
que se unem neste Mar da vida eterna ...

(Direitos reservados ao autor. Parte da coletânea "Alguns sonetos que fiz por aí ...", disponível em e-book.)
William Mendonça
Enviado por William Mendonça em 18/10/2006
Reeditado em 18/10/2006
Código do texto: T267786
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
William Mendonça
Tanguá - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
279 textos (55642 leituras)
16 áudios (7515 audições)
11 e-livros (33261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:39)
William Mendonça

Site do Escritor