Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andarilho Adormecido



O silêncio da noite...Mais nada.
Tudo é frágil, cálido, sem vida.
A lua flutua distraída;
Pérola perdida abandonada...

No silêncio a pedra orvalhada
Julga-se a si mesma convencida
Que é mais bela que a mais bela orquídea...
(A lua flutua sobre a estrada!).

A estrada, consorte da procura,
Porta aberta, única saída...
(O andarilho dorme sob a lua!).

Silêncio... Funesta sombra escura
Cobre a face fria esmorecida;
Liberto, o andarilho só, flutua!
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 18/10/2006
Código do texto: T267827
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
223 textos (8975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:55)
Ciro Di Verbena